sexta-feira, 7 de março de 2008

Batatas emprestadas

Ontem à noite, já em casa depois de uma quase semana inteira bem cansadinha, mas super a fim de fazer algo bem gostoso, lembrei das várias batatas que tinha na geladeira e mais, 3 pobres mandioquinhas à beira da morte (leia-se putrefação). Como deixar tubérculos tão saborosos morrerem assim, ao léu, sendo que seus destinos podiam ser bem glamourosos, numa assadeira bem gorda, cheirosa e fumegante? "Ao vencedor, as batatas"!


A postos diante do google, encontrei no Elvira's Bistrot uma receita magnífica de batatas gratinadas à italiana. Elvira diz que se inspirou numa receita publicada no blog francês Evasion Culinaire. Ela recomendou. E eu assino embaixo.

Como minhas mandioquinhas pediam um fim mais decente que a gaveta da geladeira, logo tratei de inventar as MINHAS batatas gratinadas à italiana. Obrigada pela inspiração, Elvira!

Somos suspeitos pra falar, pois eu e meu amor somos fãs de carteirinha dessa prima da cenoura, mais amarelinha e com gostinho de terra, mas ficou uma delícia o resultado.

Ingredientes
4 pessoas

- 3 batatas médias cortadas em rodelas finíssimas
- 3 mandioquinhas médias em rodelas fininhas
- 2 tomates grandes e maduros cortados em rodelas finas
- 3 cebolas roxas pequenas em rodelas finas
- 4 dentes de alho picados
- 1 colher (sopa) de segurelha seca (a Elvira usou manjericão, mas eu não tinha e achei que a segurelha ia combinar bem com as batatas e o orégano. Bingo!)
- 1 colher (sopa) de oréganos secos
- 1 e ½ colher de sopa de manteiga
- sal & pimenta do reino branca moída na hora
- 125 ml de leite
- 125 ml de mascarpone (na receita original, era creme de leite, mas como eu não tinha em casa e um potinho de mascarpone estava piscando pra mim, troquei sem pestanejar)
- 125 ml de caldo de legumes
- 1 xícara de parmesão ralado grosseiramente

Faça assim

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma assadeira com manteiga.
Disponha uma camada de rodelas de batata no fundo da assadeira. Tempere com sal, pimenta e adicione pedacinhos de manteiga. Cubra com uma camada de rodelas de tomate, cebola e alho, juntos. Temperar com sal, pimenta e as ervas secas. Ah! Antes de espalhar as ervas, amasse-as num pilão pra soltarem seu aroma. Cubra com uma camada de mandioquinha. Tempere com sal e pimenta. Repita as camadas até os ingredientes acabarem. Misture o leite com o mascarpone e o caldo de legumes. Regue o preparado com a mistura e polvilhar com o queijo ralado. Leve ao forno por 1 hora, a 180ºC. Sirva com uma colher de sobremesa rasa de mascarpone por cima.

6 comentários:

Elvira disse...

Fico feliz por lhe ter inspirado um prato tão bonito e gostoso. :-)

A fóto ficou linda demais.

Beijos.

anna disse...

As inspirações da Elvira resultam sempre bem; estão óptimas as batatinhas...
Beijos.

Natural Naturalmente disse...

Que final glorioso para os seus tuberculos.
O prato ficou lindo.
Parabens.
Márcia

Silvia Arruda disse...

é a primeira vez que passo por aqui e, de cara, já adorei!!
Batatas são minha perdição! :)

Luciana Macêdo disse...

Uma receita especial com uma pitadinha de criatividade.
Bjs!

Foca disse...

oi gente! =D
fico muito feliz ao ver comentários tão estimulantes no Potinho! Acho que fui bondosa com meus pobres tubérculos, né? Isso é amor à comida. =]
beijos e voltem sempre!