quinta-feira, 20 de maio de 2010

Elas não são daqui, mas são muito bem vindas



Essas lindas senhoritas...







Com suas irmãs branquelas...













Juntaram-se a amigos morangos e se transformaram numa linda e perfumada calda, que fizeram ótima companhia para coraçõezinhos de brownie com amêndoas e bolas de sorvete de creme. Como diria Jamie, "lovely"! Framboesas vermelhas, selvagens e pretas, eu já conhecia, mas as tais 'framboesas gold', que encontrei no meu horti, são pura novidade pra mim. São lindas, de um amarelo palha tão clarinho que chegam a parecer transparentes, e têm o mesmo gosto da irmã vermelha. Pesquisando sobre o assunto, descobri que existem centenas de espécies de framboesas, mas a maioria é mesmo vermelha. Essa variedade amarela (golden raspberry, in english) é fruto de uma variação genética. Sem a manifestação dos pigmentos nos genes, elas nascem assim, pale yellow. Lindas.
PS: elas sumiram na calda, tingidas pelas cores do morango e das irmãs vermelhas. Tadinhas! Pensei numa calda só delas, bem dourada mesmo. Quando fizer, posto aqui.

3 comentários:

pi disse...

Mari, me empresta uma receita para o Pitacos?! Faz tempo que não posto comidinhas...

Mari Falcão disse...

Mas é claro! Diga que tipo de receita vc quer: sobremesa, entradinhas, caldos e cremes, etc...
Será um prazer colaborar para o PP! ;)

Lourenço disse...

Eu amo framboesa e não tem prazer igual ao de comê-las frescas recém colhidas do arbusto...tipo encher a boca e mastigar devagarinho deixando o caldinho explodir ... lembro dos meus tempos nos EUA! Pena que aqui sejam bem caras!